(11) 4121-7372 / (11) 4330-1308 / (11) 93355-6566
O Médico Urologista também atende mulheres?

O Médico Urologista também atende mulheres?

Na realidade poucas pessoas sabem, mas o médico urologista não se limita apenas aos cuidados da saúde dos homens. O médico urologista atende mulheres também, e deve ser consultado sempre que houver modificações no sistema urinário.

O médico urologista atende mulheres e mais, é especializado em problemas que atingem a bexiga e os rins, diferente dos ginecologistas. Ou seja, o atendimento do médico urologista para mulheres também é muito importante.

A especialidade do médico urologista é o aparelho gênito-urinário, isso quer dizer que ele cuida dos rins e bexiga, tanto de homens como o de mulheres, adultos, idosos e crianças.

Urologista para mulheres:

Existem outros problemas ligados ao sistema urinário feminino que podem levá-las a procurar um médico urologista. Alistaremos alguns problemas que podem atingir a saúde urinária das mulheres.

Bexiga Hiperativa:

É a vontade incontrolável de urinar, mesmo que com a bexiga recentemente esvaziada. Isso acontece em decorrência de uma contração involuntária do músculo da bexiga.

Pedra nos Rins:

As pedras nos rins são pedaços rígidos de minerais e sais que se concentram na urina, causando dor ao passar pelo trato urinário. Para eliminá-las é necessário um tratamento especial indicado por um especialista urologista. Em alguns casos, quando há ocorrência de pedra maiores, é necessária a intervenção cirúrgica.

Incontinência Urinária:

Este problema caracteriza-se pela perda involuntária de urina. Geralmente, é mais comum em mulheres de meia-idade e idosas.

Nossa clínica conta com Urologistas em São Bernardo do Campo que atende mulheres, homens e crianças.

Entre em contato para uma avaliação através das nossas linhas de contato.

www.urodinamica.com.br

Dr. Victor Miyakuchi
CRM 135.681

Como o Médico Urologista ajuda no tratamento da Infertilidade?

Como o Médico Urologista ajuda no tratamento da Infertilidade?

Qual é o conceito de infertilidade?

Quando um casal após um ano de tentativas sem o uso de nenhum método anticoncepcional, não consegue engravidar. Em cerca de 30% dos casos, a infertilidade é causada apenas por fatores masculinos, enquanto em 20% as causas são combinadas.

Para um casal conseguir engravidar deve manter intercurso sexual a cada dois dias no período ovulatório e peri-ovulatório, para garantir a presença de espermatozoides móveis nas trompas uterinas.

Problemas
Muitos fatores podem causar a infertilidade e devem ser observados e investigados pelo médico especialista, como a idade do casal, duração da infertilidade, história prévia de gravidez, métodos contraceptivos que foram utilizados no passado, frequência e período do ciclo menstrual das relações sexuais, entre outros.

Tratamentos
Apenas o médico urologista pode avaliar e realizar o tratamento de um paciente infértil, não só para melhorar os resultados de uma eventual fertilização in vitro, mas também para permitir a concepção natural do casal. Pacientes com falência testicular decorrente do uso de drogas, esteroides e quimioterapia podem também se beneficiar do uso de medicações que irão facilitar no tratamento. Exemplo: Espermatogênese, como o hCG e o FSH recombinante.


Alguns medicamentos podem melhorar os parâmetros seminais e o perfil hormonal de pacientes obesos com elevados níveis de estrogênio. Em casos em que o tratamento clínico não é suficiente para a concepção, a reprodução assistida pode ser utilizada. Nos casos mais complexos, a ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozoides) pode ser a solução para aqueles homens que apresentam defeitos na motilidade e/ou concentração de espermatozoides.

Agende sua consulta a nossa clínica Urodinâmica conta com Especialistas!

www.urodinamica.com.br

(11) 93355-6566
Dr. Victor Miyakuchi
CRM 135.681
RQE 73356

Qual é o critério estabelecido para a realização da Vasectomia?

Qual é o critério estabelecido para a realização da Vasectomia?

Atualmente a esterilização cirúrgica está regulamentada por meio da Lei nº 9.263/96,
Se você está pensando em realizar a Vasectomia deve levar em conta o seguinte:
De acordo com a referida Lei, somente é permitida a esterilização voluntária nas seguintes situações:
Em homens ou mulheres com capacidade civil plena e maiores de 25 anos de idade ou, pelo menos, com dois filhos vivos, desde que observado o prazo mínimo de 60 dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico, período no qual será propiciado à pessoa interessada acesso a serviço de regulação da fecundidade, incluindo aconselhamento por equipe multidisciplinar, visando desencorajar a esterilização precoce;


Sobre o risco à vida ou à saúde da mulher ou do futuro concepto, testemunhado em relatório e assinado por dois médicos. Também a legislação federal impõe como condição para a realização da esterilização cirúrgica, o registro da expressa manifestação da vontade em documento escrito e firmado, após a informação a respeito dos riscos da cirurgia, possíveis efeitos colaterais, dificuldades de sua reversão e opções de contracepção reversíveis existentes.
A legislação federal estabelece, ainda, que, em vigência de sociedade conjugal, a esterilização depende do consentimento expresso de ambos os cônjuges.
Para uma avaliação agenda a sua consulta através dos nossos canais de atendimento.


www.urodinamica.com.br
(11) 93355-6566
Dr. Victor Miyakuchi
CRM 135.681
RQE 73356