(11) 4121-7372
Escolha uma Página

Olá a todos, tudo bem?
Hoje darei seguimento ao post inicial do blog. É hora de explicar a parte técnica da Vasectomia.
Começo sempre essa explicação dizendo que o esperma do homem é como uma sopa.


Ele tem uma parte líquida e uma parte sólida.
A parte líquida, é produzida nas vesículas seminais, próstata e em pequenas glândulas que ficam próximas a uretra (as glândulas para-uretrais). Esses órgãos estão em contato intimo à base da uretra, na porção mais interna do pênis do homem, por assim dizer.


Já a maior parte do sólido dessa sopa, os espermatozoides, são produzidos nos testículos, órgãos que estão na bolsa testicular e afastados dos demais órgãos que produzem o líquido.


Para que haja a mistura do liquido com o sólido, existe um canal que leva os espermatozoides até as vesículas seminais.


O nome desse canal é Ducto Deferente e é ele que é ligado (“interrompido”) na vasectomia.


Com o fluxo desse canal interrompido, não há transporte dos espermatozoides para que se misturem com a parte líquida do sêmen.
Assim sendo, após a vasectomia o homem segue ejaculando normalmente, sem mudanças na parte líquida, porém, ejaculando um líquido que não tem mais espermatozoides.


Como são os espermatozoides que realizam a fecundação, a parte sólida e não a líquida, o homem torna-se estéril mantendo sua ejaculação.
Pelo fato do Ducto Deferente transportar apenas espermatozoides, não há alterações hormonais e nenhum prejuízo sexual como diminuição do interesse para ter relações, ereções mais fracas ou orgasmo adiantado.
Para que médico e paciente se certifiquem do sucesso do procedimento, deve-se realizar um espermograma, exame que analisa o esperma do homem.


Cabe ao médico informar qual momento o homem deve fazer o exame.
Após a vasectomia, o médico deve orientar o homem quando retornar às suas relações sexuais e é importante deixar claro que até o resultado desse espermograma, o homem ou o casal deve manter os cuidados contraceptivos! Sem o resultado do espermograma o médico não pode garantir o sucesso da vasectomia!


Sobre tempo de recuperação, isso depende da conduta do médico.
Costumo dizer que a vasectomia é um procedimento que permite recuperação branda e retorno rápido do homem às suas atividades do dia a dia.


Espero ter sido claro e ajudado vocês a entender melhor, tanto questões legais quanto técnicas referentes à vasectomia.


Alguma dúvida que não tenha ficado clara nesses posts? Agende uma consulta comigo, vai ser um prazer responde-las pessoalmente!
Obrigado pela atenção, tenham todos um ótimo dia!


Dr Victor Miyakuchi, Urologista.